5 Atitudes para Aumentar a Autoestima: Seja Mais Feliz Consigo Mesmo e com a Vida.

“Pare de se martirizar. Você está em um trabalho contínuo; isto significa que você chegará lá aos poucos, não de uma só vez’’ Autor desconhecido.

Dez anos atrás, quando estava nos meus vinte e poucos anos, eu não era o meu próprio melhor amigo.

Estava na faculdade e apesar de as coisas estarem indo bem em meus estudos, eu não estava muito feliz.

Quando eu errava ou fracassava, culpava a mim mesmo durante dias, algumas vezes por semanas.

Eu sempre ressaltava o lado negativo e raramente encontrava tempo para apreciar as pequenas e maravilhosas coisas sobre minha vida e sobre mim mesmo.

Sempre comparava minha aparência, os meus resultados na faculdade e os sucessos nos namoros — ou, mais precisamente, a completa falta deles — com as outras pessoas tinham e o que elas conseguiam com isto.

Eu estava preso em uma rotina de negatividade e baixa autoestima, algo nada bom para se conviver.

Mas, finalmente, após muito tempo, eu rompi com aquela rotina.

Isto não foi fácil, mas aos pouquinhos eu mudei o meu modo de pensar e de como eu via o mundo e a mim mesmo. Eu tropecei pelo caminho e muitas vezes cheguei a regressar aos meus velhos hábitos negativos.

Agora eu gostaria de compartilhar os cinco hábitos que me ajudaram a fazer a grande mudança em minha vida e que sempre me ajudaram a construir e a manter minha autoestima.

 

  1. Compare você consigo mesmo

Uma das primeiras coisas que eu descobri que precisava deixar de fazer era comparar as minhas qualidades com as das outras pessoas e o que elas tinham.

Mas o que eu deveria fazer, uma vez que projetar um hábito tende a ser algo mais fácil do que tentar eliminá-lo?

Eu decidi que eu deveria, em vez disto, comparar a mim comigo mesmo.

Isto para perceber como eu tinha crescido, até aonde eu tinha chegado. Ver como eu tinha me tornado mais bem sucedido, fosse um pouquinho ou de modo muito abrangente.

  1. Seja agradável com as outras pessoas.

Uma coisa interessante que eu descobri foi que quando você é agradável com as outras pessoas ao seu redor, tende a pensar como é importante tratar a si mesmo de uma maneira amistosa também.

E uma outra coisa interessante sobre isto é que da maneira como você trata os outros, elas terão por hábito tratá-lo desta mesma forma.

Então eu descobri que é importante atentar em ser agradável em minha vida cotidiana.

Este sentimento amistoso não está relacionado às coisas de valor.

Pode ser simples:

  • Tenha paciência e ouça atentamente por alguns minutos o desabafo de alguém;
  • Dê um cumprimento sincero;
  • Dê carona para alguém quando estiver de carro;
  • Use alguns minutinhos para ajudar uma pessoa de fora, dando dicas, usando o Google para ajudá-la a encontrar algo, carregando uma mesa pesada ou organizando um jantar em um restaurante.

 

  1. Quando você tropeçar, seja seu próprio melhor amigo

Em vez de se culpar quando cometer um equívoco, fracasso ou falhar de alguma maneira, pergunte a si mesmo: Como o meu melhor amigo ou familiar me apoiariam e me ajudariam nesta situação?

Então, simplesmente converse consigo mesmo e aja do modo como eles fariam.

Esta simples mudança de perspectiva pode ajudar você a não cair em um vale de pensamentos depressivos e se tornar produtivo e otimista naquilo que você fará de agora em diante.

  1. Deixe o perfeccionismo de lado

Uma das principais razões pelas quais me atormentava demais era porque eu sempre quis que as coisas fossem perfeitas.

Então eu me abracei a um padrão sobre-humano nos estudos e em todo o que eu fazia, verdade.

Evidentemente, um grande probelma deste pensamento era que eu nunca fazia as coisas por inteiro porque sempre tinha medo que eu não pudesse fazê-las de modo perfeito. Ou então eu percebia que teria muito trabalho e largava tudo mesmo antes de ter começado a fazer as coisas.

Este pensamento era tão massacrante para mim que as pessoas próximas me ajudaram a deixá-lo e a adotar a uma perspectiva mais saudável.

Além disto lembrava a mim mesmo que há uma coisa chamada ‘’bom o suficiente’’ e focava na busca daquilo que em vez da perfeição, me ajudase não somente a atingir melhores resultados, mas também a ter uma melhor performance em todas as áreas da minha vida.

Isto também me ajudou a parar de procrastinar demais e a agir mais para melhorar minha vida passo-a-passo.

 

  1. Tenha em mente porque sua autoestima é muito, muito importante.

Aqui está minha experiência na melhora de minha autoestima nos últimos anos:

  • A vida se torna mais simples e leve porque você não fará nunca mais tempestades em copo d’água por pouca coisa.
  • Você se tornará menos carente e mais seguro como ser humano. Quando você gosta mais de si mesmo e sua opinião sobre si próprio aumenta, então você não ficará mais ansioso buscando a aprovação e a atenção de outras pessoas.
  • Você fará menos autossabotagem consigo, pois aumentando e mantendo sua autoestima elevada, sentirá mais merecedor de boas coisa em todas as áreas de sua vida. Então, você buscará estas coisas boas mais frequentemente e com mais motivação e quando as conseguir, terá menos tendência a se autossabotar, porque você saberá que verdadeiramente merece muito tê-las em sua vida.
  • Você será mais atraente em qualquer tipo de relacionamento, pois com a autoestima melhor, conseguirá os benefícios listados acima. E tudo isto é potencialmente atraente em qualquer tipo de relacionamento. Não importa se este relacionamento é com um amigo, no trabalho, na faculdade ou com um(a) parceiro(a).

Todos estes importantes benefícios fizeram a minha vida mais feliz. E por toda minha vida eu buscarei estes motivos para manter minha autoestima em alta e aperfeiçoá-la sempre em minha mente.

Estas simples ações têm feito coisas maravilhosas em minha autoestima e para minha motivação, fazendo-a uma prioridade principal em minha vida.

Leave a Reply

AutoEstima em 30 Dias