6 Dicas para Combater a Vergonha, que irão Inspirar a Sua Autoestima

A vida é tão difícil. E a vergonha é tão evidente. Nós podemos realmente combater a vergonha? Todos nós sentimos vergonha. Todos nós temos o bem e o mal, a luz e a noite dentro de nós. Mas se não chegarmos a um acordo com a nossa vergonha, com as nossas lutas, começamos a acreditar que há algo de errado com a gente – que somos maus, falhos, que não somos bons o suficiente – e, pior ainda, começamos a agir com base nessas crenças – Brene Brown
Somente quando somos corajosos o suficiente para explorar a escuridão,  podemos descobrir o poder infinito da luz.
Aqui estão as dicas para combater a vergonha, para inspirar a sua autoestima:

Se aceitar como você é

Como Carl Jung disse – “Eu não sou o que aconteceu comigo. Eu sou o que eu escolho me tornar”.  Ninguém é perfeito. Afinal, somos seres humanos. Se aceitar como você é, é o principal requisito para combater a vergonha. Não podemos nos deixar ser vistos se ficarmos horrorizados com o que as pessoas podem pensar. Nada vai funcionar, a menos que você faça esse trabalho. Então, tome a decisão de amar a você mesmo com todas as suas imperfeições.
Se os outros te machucarem, a razão disso pode não ser sempre você
A maioria de nós geralmente atribui a rejeição dos outros como uma marca registrada para validar a nós mesmos. Pare com isso. Assim você é oficialmente um prisioneiro de “agradar, realizar e aperfeiçoar.” Às vezes, isso diz respeito somente ao que você faz, e não a quem você é. Passei muitas noites sem dormir pensando sobre me encaixar nas expectativas dos outros. Assim que percebi essa amarra, meu coração ficou à vontade.

Expresse, mas não defenda

Às vezes também podemos ferir os outros. Não vamos ser arrogantes e estúpidos – isso pode corroer as nossas relações e reforçar ainda mais a nossa vergonha. Nesse caso, a melhor ferramenta é “expressar, mas não defender”. Se você sentir que cometeu um erro; apenas expresse os seus sentimentos, mas nunca defenda. Se você começar a defender, você dará uma impressão de que os seus sentimentos não são válidos. Orgulhe-se de não defender seus sentimentos. Geralmente, a força interior é respeitada. Recebemos em retorno o que colocamos para fora.

Liberte-se da necessidade de aprovação

Você não está aqui para agradar aos outros. Você só tem que agradar a você mesmo para viver verdadeiramente. Olhe para as pessoas em sua vida como uma possibilidade de “praticar”. A maneira como eles reagem, permite que você veja o que você tem que trabalhar dentro de si mesmo. Através deles você pode praticar, permitindo que reações inadequadas sejam evitadas e desenvolvendo maneiras mais responsáveis de se comportar. Ao invés de obter aprovação, se você praticar o princípio referido acima, você pode milagrosamente melhorar as suas relações sociais em relação às suas necessidades, mantendo intacta a sua integridade.

Pratique a sua vulnerabilidade

Sempre há uma verdade no paradoxo. Você pode pensar que ser vulnerável é dar aos outros o poder de nos envergonharem. Mas a verdade é que a vulnerabilidade é o melhor antídoto para a vergonha. Quando estamos vulneráveis, inspiramos indiretamente os outros a também serem vulneráveis. A vulnerabilidade é a grande bravura da vida. Imprima isso no seu espírito. Abrace isso para lutar de forma eficaz contra a vergonha.

Procure Empatia

Quanto menos falarmos de vergonha, mais controle ela terá sobre nossas vidas. Sempre que você se deparar com a vergonha, compartilhe isso com alguém em quem você confie. Isso o aliviará. Empatia é a conexão com a emoção que alguém está experimentando, não com o evento e a circunstância. A empatia transmite um reconhecimento simples: “você não está sozinho”. Antes de concluir, lembre-se destas palavras de Harry Potter, por J. K. Rowling: “Você não é uma má pessoa. Você é uma pessoa muito boa, a quem coisas ruins aconteceram”. Além disso, o mundo não se divide em pessoas boas e más. Todos nós temos tanto a luz quanto a escuridão dentro de nós. O que importa é a parte em que decidimos atuar. Isso é quem realmente somos.

Artigo Original : http://www.lifehack.org/articles/communication/6-tips-combat-shame-that-will-inspire-your-self-esteem.html

Leave a Reply

AutoEstima em 30 Dias